Maastricht University School of Business and Economics

Sobre a instituição 

Maastricht University School of Business and Economics se localiza na cidade do mesmo nome, capital da província de Limburgo e a menos de 1 hora de caminhada da fronteira com a Bélgica.

A universidade oferece cursos em inglês nas áreas de Economia e International Business e adota, há décadas, o método PBL (Problem-based learning) de ensino - mais detalhes abaixo.

O período letivo é dividido em 2 semestres, sendo cada um desses divididos em 3 períodos. Abaixo consta o calendário semestral de 2020/2021, para simples referência:

 

1º Semestre

2º Semestre

Introduction Days (obrigatórios)

27 e 28 de Agosto

28 e 29 de Janeiro

Semestre letivo

31 de Agosto – 22 de Janeiro

1 de Fevereiro – 25 de Junho

Requisitos de Idioma: Para disciplinas em Inglês é necessário TOEFL PBT 575, TOEFL iBT 91, IELTS 6.5 ou certificado B2 (CEFR) equivalente.

A universidade não conta, assim como as outras universidades holandesas, com alojamento no campus. Apesar disso, a universidade possui parcerias com organizações que oferecem acomodações, apesar de também não garantir vagas com esses parceiros.

Segundo a universidade, o custo de vida para estudantes nos Países Baixos é algo em torno de 1.100€.

Método PBL

Problem-Based Learning (PBL) in the international classroom

Maastricht University adopted PBL in 1976. PBL tries to overcome the weaknesses of traditional education by giving the students a very active role. Students do not spend hours listening to lectures – although there are some, usually at the start of the study period - but instead, per course, attend two-hour tutorial group meetings twice a week. These meetings form the core part of the study programme and are the driving force for learning. Within the tutorial groups, problems are presented and researched as cases. The international classroom underlines the benefits in the learning process of students when they work in small tutorial groups with people from different cultural backgrounds. By approaching problems from a variety of perspectives, students become acquainted with different ways of seeing things and that enhances the quality of discussions. In this way, the international classroom prepares students for the rapidly globalising labour market. A tutorial group is composed of 8 to 15 students plus a tutor: a staff member who guides the group process but who does not automatically give answers to the problems. It is up to the students to discover where their knowledge falls short and to fill in the gaps. To do so, students will have to spend a lot of time between tutorial meetings to read articles and books, and to do research in the university library. More in-depth information about the Problem Based Learning is available via: www.maastrichtuniversity.nl/education/why-um/problem-based-learning

> Sobre o visto para os Países Baixos

O processo de obtenção de visto para os Países Baixos é diferente da maioria dos países. São as próprias universidades neerlandesas que solicitam o visto em nome do estudante estrangeiro, atuando diretamente junto ao Departamento de Imigração local e assumindo certas responsabilidades em nome desses estudantes.

A comprovação de renda – em princípio, um procedimento comum a qualquer processo de visto – deverá ser realizada através de uma remessa internacional do valor mínimo exigido pela imigração neerlandesa (cerca de 5.000 Euro) para uma conta da universidade onde será realizado o semestre de intercâmbio.

Algumas universidades neerlandesas ainda podem aceitar uma carta bancária em inglês (bank statement), comprovando o mesmo valor, no lugar da remessa. Mas essa prática tem sido bastante reduzida nos últimos anos.

Haverá ainda o pagamento da taxa de visto que a maioria das universidades solicita que seja feito via remessa bancária. Essa taxa de visto é independente da comprovação financeira mencionada acima.

Tais procedimentos podem variar conforme a universidade e detalhes a esse respeito serão necessariamente enviados, em tempo oportuno, pela própria instituição para a qual os estudantes forem selecionados.

Quando o visto for aprovado, o Departamento de Imigração neerlandês avisará o Consulado Geral dos Países Baixos em São Paulo. Ou seja, o visto será aprovado no exterior, mas será emitido no Brasil. Isso só costuma ocorrer próximo ao final do semestre de candidatura.

País:

Estado:

Cidade:

Latitude: 
50.8471005
Longitude: 
5.6866675