Paul Singer, uma vida dedicada ao ensino e à atividade política

Por Cacilda Luna

O economista Paul Singer faleceu aos 86 anos, no último dia 16 de abril. Singer foi professor titular da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP entre os anos de 1986 e 1998, até sua aposentadoria. Austríaco, naturalizado brasileiro, proporcionou contribuições acadêmicas marcantes na área do desenvolvimento econômico e urbano, dedicando-se especialmente ao tema da Economia Solidária.

Foi secretário do Planejamento do município de São Paulo na gestão de Luiza Erundina (1989-1992), à época do PT, partido que ajudou a fundar no início da década de 80. Em junho de 2003, tornou-se titular da Secretaria Nacional de Economia Solidária, a qual implementou no âmbito do Ministério do Trabalho e Emprego.

Paul Israel Singer, como era seu nome completo, também foi metalúrgico e grande ativista sindical. Quando jovem, militou pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, liderando a histórica greve dos 300 mil de 1953, que paralisou a indústria paulistana.

Mais tarde, estudou economia na USP. Sua atividade docente teve início em 1960, na mesma universidade, como professor assistente. Em 1966, obteve o grau de doutor em Sociologia. Estudou demografia em Princeton (EUA), entre 1966 e 1967.

Sua tese de livre-docência, defendida em 1968, versava sobre “Dinâmica populacional e Desenvolvimento”. Naquele mesmo ano, retomou suas atividades docentes na USP até ser cassado pelo AI-5, sendo aposentado compulsoriamente em 1969 por suas atividades políticas. Participou em 1969 da fundação do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) junto com outros intelectuais da esquerda, onde atuou até 1988. 

Voltou à atividade docente em 1979. Foi professor da PUC-SP, onde permaneceu por quatro anos e foi chefe do departamento de Economia. Em 1980, voltou a dar aulas na FEAUSP, tornando-se professor titular em 1986. 

Em 2009, foi condecorado com a Grande Ordem do Mérito da República da Áustria.

Por ocasião dos seus 80 anos, a FEA prestou-lhe uma grande homenagem (foto), no seminário denominado "Paul Singer 80 Anos - Trajetória Militante", realizado em março de 2012, no auditório da Faculdade. O evento teve como objetivo resgatar a trajetória política e intelectual do economista. 

Seu desejo por uma sociedade justa e igualitária pode ser resumido por um de seus pensamentos: "O único jeito de nós construirmos  uma sociedade socialista, que mereça o nome e não seja meramente uma pretensão ou bandeira, é pela via democrática. Os valores da democracia são os valores do socialismo, é a igualdade, o respeito ao outro. E a economia solidária pretende ser democrática. Mas isto é um aprendizado. Esse é o ponto".  

 

 

Data do Conteúdo: 
Quinta-feira, 19 Abril, 2018

Departamento:

Sugira uma notícia