FEA x FEA - Vida mais saudável por uma FEA melhor

“As pessoas saem um pouco do ritmo frenético e dão um tempo para si. Além dos benefícios individuais, aumenta a interação com os colegas que trabalham em outros setores.”

SilhuetaGinástica laboral e meditação são as duas primeiras ações do projeto Vida mais saudável por uma FEA melhor, que começou em março. As atividades são conduzidas por profissionais especializados de forma lúdica e descontraída, com o objetivo de proporcionar bem-estar e mais qualidade de vida no trabalho.

Bastam alguns minutos durante a semana para movimentar o corpo de forma dirigida e para relaxar e respirar corretamente. As atividades criam um ambiente favorável ao convívio, à reflexão e ao conhecimento de si mesmo. Estudos comprovam que os benefícios no rendimento pessoal e profissional são significativos. 

O Projeto de Ginástica Laboral foi elaborado por professores do Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo (CEPEUSP) em 2003, com a finalidade de orientar os funcionários da USP sobre a importância da atividade física realizada no ambiente de trabalho e, a partir dos benefícios do exercício físico e de sua contribuição biopsicossocial, estimulá-los à mudança para um estilo de vida mais ativo.

"A ginástica laboral desperta a vontade de cuidar mais da saúde. Com a meditação, as pessoas têm um momento para refletir sobre seus valores, equilibrar corpo e mente. Elas saem um pouco do ritmo frenético e dão um tempo para si. Além dos benefícios individuais, também aumenta a interação com os colegas que trabalham em outros setores", explica Olga Maria Zulzke de Miranda, assistente administrativa da FEA (ATAd).

Qualidade de vida é uma preocupação cada vez mais presente na vida das pessoas. Foi tema de palestra na Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) realizada no final do ano passado e sugestão levantada pelos funcionários nas rodadas de reuniões de diagnóstico para melhoria da qualidade dos serviços, processo desenvolvido pela ATAd.

---------------

Rose FeijoA ideia de desenvolver ações ligadas à promoção da qualidade de vida no trabalho tomou forma e Rosemary Feijó, técnica de Recursos Humanos da ATAd, foi encarregada de coordenar as atividades do projeto Vida saudável por uma FEA melhor.

"Sempre gostei do tema qualidade de vida no trabalho e a nossa proposta é oferecer a todos os funcionários e docentes a oportunidade de ter uma pausa qualitativa durante o tempo em que permanecem na FEA. As pessoas saem muito satisfeitas após as práticas e têm elogiado o trabalho dos profissionais", comenta Rosemary.

As atividades de ginástica laboral acontecem duas vezes por semana, com grupos reunidos nos corredores abertos das unidades ou no jardim do FEA-1, ministradas por Rafael Mistura, formado pela Escola de Educação Física da USP e integrante do Projeto de Ginástica Laboral do CEPEUSP. São 15 minutos de movimentação articular e exercícios de conscientização corporal que envolvem postura, força, ritmo, equilíbrio e exercícios de relaxamento e alongamento, tanto dos grupos musculares mais utilizados na aula, quanto daqueles com maior demanda laboral. 

O grupo de meditação se reúne às sextas-feiras, por 45 minutos. A prática envolve relaxamento, reflexão e exercícios de visualização. A meditação também ensina as pessoas a respirar corretamente. Para Maria Amélia Zogno, professora voluntária que trabalha com os funcionários da FEA, "cuidar de si é o primeiro passo para melhorar tudo à nossa volta." 

Não é, porém, uma atividade simples. "Sempre me interessei, mas nunca consegui, de fato, meditar. Tem gente que diz que vê escadas, paisagens e cores diferentes. Eu ainda estou aprendendo a me concentrar. Vou praticar até conseguir. De qualquer modo, esses minutos já me fazem muito bem", diz Valdemir Jacinto de Souza, assistente financeiro da FEA (ATAF). 

Depoimentos

Funcionárias"Estou aproveitando muito a oportunidade. No cotidiano, fico muitas horas com a postura inadequada. Os exercícios são simples e ajudam a corrigir hábitos errados. São 15 minutos que fazem uma grande diferença, além de melhorar a qualidade de vida no trabalho."

Ana Cristina dos Santos
Técnica Administrativa da Biblioteca










"Gostei muito da ginástica laboral. A gente acha pouco 15 minutos, mas é mais do que suficiente e cansa muito. Já deu para sentir a importância desse tempo para melhorar nossa vida."

Elaine Graciano
Chefe de Serviços Gerais







"Quando a atividade termina, saímos mais animados, renovados. Acho que a grande diferença é essa: mais disposição. É também uma oportunidade de nos integrarmos mais com alguns colegas que, na correria do dia a dia, não encontramos sempre. Acho até necessário fazer os exercícios mais vezes por semana."

Cristiene Camila Soares Luiz Betti
Técnica administrativa da ATAD


Data do Conteúdo: 
terça-feira, 3 Abril, 2012

Departamento:

Sugira uma notícia