FEA x FEA - De portas abertas

“É uma cultura que deve ser replicada e espalhada. Se toda a comunidade FEA se envolvesse e conhecesse a realidade daqueles que querem estar aqui, seria muito bom.”

Visita MonitoradaProfessores, alunos e profissionais da FEA se mobilizaram de forma voluntária para fazer com que a participação da Faculdade na Feira das Profissões USP fosse um sucesso. O estande da FEA contou com professores de todos os departamentos - Administração, Economia e Contabilidade/Atuária - e muita informação, na forma de folder institucional, cartazes e conversas com os alunos interessados em conhecer mais sobre a Faculdade.

Carreira, empregabilidade, diferenciais, características dos cursos - foram muitas as dúvidas esclarecidas. O estande contou também com monitor que exibia o vídeo FEA 60 anos. Cerca de 30 pessoas, entre alunos e professores, auxiliaram a Comissão de Cultura e Extensão da FEA, responsável pela organização.

A quinta edição da Feira das Profissões USP aconteceu entre os dias 4 e 6 de agosto no Cepeusp e é parte do Programa "A USP e as Profissões", da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão. Mais de 38 mil pessoas transitaram pelos estandes. "É uma forma de acessibilidade, o primeiro contato com alguém dizendo: "Daqui a pouco você vai ter que escolher o que fazer. E a USP está de portas abertas. Qualquer um pode, basta batalhar e estudar duro", diz a professora Marina Mitiyo Yamamoto, presidente da Comissão de Cultura e Extensão da FEA.

O estande da FEA foi o terceiro mais procurado, segundo os organizadores. "Os voluntários que participam gostam da interatividade com os jovens. É uma cultura que deve ser replicada e espalhada. Se toda a comunidade FEA se envolvesse e conhecesse a realidade daqueles que querem estar aqui, seria muito bom", diz a professora Marina. Além da Feira, o Programa oferece Visitas Monitoradas, que permitem aos jovens conhecer de perto o dia a dia dentro do curso que pretendem escolher. "A visita é mais focada, os jovens vêm com dúvidas mais pontuais", diz Rosemeire Batista, secretária da Comissão de Cultura e Extensão da FEA.

Pela primeira vez a Visita Monitorada aconteceu durante a semana, no dia 12 de agosto, e não aos sábados, o que atraiu mais gente. "As pessoas vieram e ficaram. Puderam vivenciar a FEA funcionando", explica a professora Marina. Cerca de 200 jovens participaram e foram recepcionados pela Bateria S/A em frente à Vivência. No Auditório do FEA-5, assistiram às apresentações dos cursos. Em seguida, professores e alunos ficaram em salas de aula, disponíveis para dúvidas.

A visita monitorada foi guiada por oito alunos voluntários de graduação. "Aqueles que já estão aqui passaram pelas mesmas dúvidas daqueles que querem entrar e as conversas ajudam a decidir. Eles falam a mesma língua", diz a professora Marina que, em nome da Comissão de Cultura e Extensão da FEA, agradece a todos que participaram, pois "sem eles nada teria sido possível".Equipe FEA


Data do Conteúdo: 
segunda-feira, 19 Setembro, 2011

Departamento:

Sugira uma notícia