Cursos da FEA são reconhecidos internacionalmente

FEA Internacional

Placa recebida pela FEAUSP

O programa de graduação em Ciências Contábeis da FEAUSP foi reconhecido pelo IMA (Institute of Management Accountants), sendo um dos poucos no mundo a obter esse credenciamento. O Higher Education Endorsement Program do IMA visa identificar as Universidades com maior aderência aos padrões de qualidade de formação educacional na área de contabilidade.

Os critérios avaliados são: o currículo do curso deve cobrir boa parte do conteúdo requerido para os exames CMA, que titula os Contadores Gerenciais; o conjunto de professores deve ser adequado; o curso deve ser acreditado por uma organização reconhecida (no caso o governo brasileiro); e ter um professor do programa como membro do IMA.

A entrega formal da placa ocorreu na cerimônia de premiação do Congresso USP de Controladoria e Contabilidade. O professor Edgard Cornacchione, do departamento de Contabilidade e Atuária, Campus Advocate da FEAUSP para o IMA, comentou: “Somos um dos primeiros no mundo a serem reconhecidos. É um passo importante e de extremo orgulho termos este credenciamento à luz da estratégia de internacionalização da FEA”.

Esse prêmio se soma à tendência de reconhecimento internacional dos cursos da Faculdade, que é mais típica das áreas de Administração e Contabilidade do que da de Economia. O curso de Administração, por exemplo, é credenciado há 8 anos pela Eduniversal, instituição francesa que faz o ranking das 1000 melhores escolas do mundo anualmente. A FEA é classificada com 4 Palmas (em uma escala de 1 a 5, sendo 5 a nota das escolas mais votadas). A metodologia desse ranking se baseia no voto de todos os diretores das 1000 escolas participantes, que votam nas outras escolas, menos a sua.

No momento, estão em andamento dois complexos processos de credenciamento: o AACSB (Association to Advance Collegiate Schools of Business) e o EFMD (Business School Accreditation). Conforme explica o professor Edson Luiz Riccio, presidente da Comissão de Cooperação Internacional da FEAUSP, cada um desses processos pode levar mais de 3 anos até que o curso obtenha o seu primeiro credenciamento. “A metodologia de cada um é específica e complexa, pois se baseia principalmente no julgamento do grupo de pareceristas que visitam o curso várias vezes no período”.

Ele ressalta, porém, que o trabalho é contínuo: “O processo para ambos é gradativo, ou seja, quando o curso é admitido fica em um estágio de observação por dois ou três anos para depois passar para a fase seguinte. Quando atinge o credenciamento ele passa a ser revisto a cada três anos e a escola pode continuar a ser credenciada ou não”. O reconhecimento é muito importante, pois o mercado de trabalho considera que as escolas credenciadas por essas duas instituições seguem melhores práticas de mercado na área.

_

Gente da FEA - Setembro 2015

Autora: Thaís do Vale

Data do Conteúdo: 
segunda-feira, 21 Setembro, 2015

Departamento:

Sugira uma notícia