Doutorado - Ensaios sobre a Expansão da Igreja Universal do Reino de Deus no Brasil

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
14/06/2019 - 16:00 até 19:00

 

Bruno Kawaoka Komatsu

Doutorado - Ensaios sobre a Expansão da Igreja Universal do Reino de Deus no Brasil

Orientador: Prof. Dr. Raphael Bottura Corbi

Comissão: Profs. Drs. Rudi Rocha de Castro, Lucas Martins Novaes e Ricardo de Abreu Madeira

Local: Sala 217, FEA-5

Resumo*

O crescimento do pentecostalismo no mundo constitui uma das principais mudanças religiosas do Século XX e a América Latina possui um papel importante nessa expansão. Naquela região, houve uma acelerada redução na proporção de católicos e crescimento dos protestantes nas últimas décadas, com forte participação de igrejas pentecostais. Os pentecostais brasileiros diferem dos católicos em várias dimensões em relação às suas atitudes e visões do mundo, sendo no geral religiosamente mais ativos e mais conservadores em questões sociais como aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo, meios contraceptivos artificiais, sexo fora do casamento, divórcio e consumo de álcool; eles também são mais propensos a acreditar que os líderes religiosos devem ter influência na política. Nesta tese, contribuímos para o entendimento da expansão pentecostal no Brasil focando em uma das maiores denominações pentecostais, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Examinamos, em dois estudos, o impacto de duas estratégias principais de expansão da IURD, cobrindo um ramo ainda pouco explorado na literatura econômica sobre religião e procurando entender como cada uma delas contribuiu para a expansão dessa igreja desde sua fundação. No primeiro estudo, examinamos os impactos das redes de rádio e televisão ligadas à IURD (a Rede Aleluia e Record TV) sobre suas afiliações, explorando uma variação possivelmente exógena na qualidade do sinal daquelas redes devido aos acidentes geográficos entre as antenas transmissora e as áreas receptoras. Com dados da Anatel e modelos técnicos de densidade de sinal, analisamos os efeitos da cobertura das mídias nas áreas de ponderação do Censo Demográfico de 2010 (IBGE). Nossos resultados de benchmark mostram que a Rede Aleluia tem um impacto de cerca de 13% do número médio de afiliações no interior dos estados (fora das capitais e Regiões Metropolitanas), enquanto a Record TV tem um impacto geral de 26%. Esses efeitos são mais fortes para grupos que são descritos na literatura como mais propensos a frequentar a igreja. A robustez dos resultados é verificada com teste de placebo com uma rede de rádio não religiosa. Encontramos evidências de que a competição entre veículos de mídia pode ter um papel importante nos efeitos da mídia religiosa e da existência de complementaridade entre templos e mídias religiosas em áreas rurais. Além disso, encontramos efeito positivo da Rede Aleluia sobre empreendedorismo, impacto negativo da mídia religiosa sobre a fertilidade, o que é consistente com a posição da IURD sobre o aborto e o uso de métodos contraceptivos, e impacto positivo na proporção de votos para o Partido Republicano Brasileiro, com o qual a IURD possui uma forte ligação. No segundo estudo, estimamos o efeito da presença de templos da IURD sobre as afiliações. Exploramos a diferença no tempo de entrada e nos anos de permanência dos templos nos municípios brasileiros entre 1991 e 2010, com uma especificação de diferenças-em-diferenças e dados do CNPJ (Receita Federal) e dos Censos Demográficos (IBGE). A presença de templos da IURD aumenta os adeptos dessa denominação em 15%, comparando com a média da amostra, e esse efeito é devido ao interior dos estados. Nossos resultados também mostram que leva alguns anos para os templos da IURD começarem a ter impacto positivo depois que entram. Testamos a robustez de nossos resultados usando dados de outra fonte, a Relação Anual de Informações Sociais, e com um teste de falsificação no momento da entrada da IURD no município.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos