A articulação transfronteiriça da contabilidade da Companhia do Alto Douro e das congregações religiosas regulares portuguesas no Brasil: 1750-1822