Doutorado - Custo de capital e divulgação voluntária do relato integrado: O papel dos fatores institucionais

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
26/03/2019 - 09:00 até 12:00

 

Elise Soerger Zaro

Doutorado - Custo de capital e divulgação voluntária do relato integrado: O papel dos fatores institucionais

Orientador: Prof. Dr. Fernando Dal-Ri Murcia      

Comissão:  Profs. Drs. Luiz Nelson de Carvalho, Suliani Rover e Marco Fasan

Local: Sala 217, FEA-5 

Resumo*

Relato Integrado <RI> é uma iniciativa que encoraja as empresa a analisarem seu modelo de negócio de uma forma holística. Esse processo inclui a consideração ativa das perspectivas financeiras e não financeiras para entender todo o capital gerado, mantido e destruído pela companhia ao longo do tempo. Isso permite que as empresas entendam suas atividade, considerando todos os fatores usados ou afetados e também entendam todo o contexto da organização, que leva ao enraizamento do conceito de Pensamento Integrado. De acordo com a teoria de sistemas, a análise integrada de aspectos financeiros e não financeiros, como proposto pelo <RI>, pode levar a conclusões diferentes da análise separada, devido às conexões e interações entre eles. Aplicar o conceito de Pensamento Integrado pode resultar em duas vantagens para a empresa: 1) melhoria nos processos de gestão, especialmente ao que diz respeito aos capitais não financeiros; e 2) redução da assimetria de informação. Assim sendo, baseando-se na Teoria de Disclosure Voluntário, esses dois fatores podem resultar em benefícios econômicos para a organização. Logo, essa pesquisa investiga como o custo de capital próprio e de terceiros se relacionam com a divulgação de relato integrado e quais os impactos de fatores institucionais nessa relação. Analisou-se uma amostra global de 25.311 observações, de 2010 a 2017, empregando um método que considera duas dimensões: 1) Tratamento: adotantes voluntário de Relato Integrado comparados a um grupo de tratamento selecionado pelo procedimento de PSM; e 2) Tempo: ambos os grupos foram comparado no período anterior e posterior a adoção. Os resultados indicam que a divulgação de relato integrado é negativamente relacionada com o custo de capital próprio. Os resultados são robustos após controlar por diversos fatores a nível de firma e país, e ainda o setor. Análises adicionais mostram que esse efeito negativo se concentra em empresas em um ambiente de alto enforcement e revelou que companhias em ambientes orientado aos investidores (Shareholder Oriented) verificaram uma redução maior do custo de capital, quando comparadas a companhias em um ambiente orientado aos Stakeholders. Entre os achados também destaca-se que os credores respondem a divulgação de relato integrado de uma maneira diversa. Apesar da diferença encontrada no custo de capital próprio relacionada a divulgação de relato integrado, não foram encontradas evidencias de relação entre o custo da dívida e a divulgação de relato integrado, nem mesmo quando analisadas subamostras por fatores institucionais. Conduziu-se investigações mais aprofundadas sobre o efeito de asseguração na relação entre custo de dívida e divulgação do <RI> e identificou-se que as companhias em um ambiente de alto enforcement que asseguram suas informações de Responsabilidade Social Corporativa apresentam um custo de dívida menor. Esse estudo contribui para a literatura de relato integrado mostrando como o custo de capital próprio e de terceiros se relacionam à essa iniciativa considerando uma amostra global de adotantes voluntários. Analisou-se o impacto de fatores institucionais nessa relação e empregou-se um método robusto o que o diferencia de outros estudos.

*Fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos