Disciplinas

Fundamentos Econômicos da Estratégia


Disciplina: EAD5958-3

Área de Concentração: 12139

Número de Créditos: 8

Carga do curso:

Teórico
(Por semana)
Prática
(Por semana)
Estudos
(Por semana)
DuraçãoTotal
42215120
Objetivos:

Justificativa:

Conteúdo:
O programa da disciplina está dividido em quatro partes. Na primeira inicia-se com uma discussão do que é estratégia. A seguir são apresentados questionamentos sobre a factibilidade de construir estratégias a partir dos pressupostos teóricos da economia Neoclássica. A Teoria dos Custos - que surge como crítica à Teoria Econômica tradicional - é tratada em seguida para se discutir porque a hipótese do alinhamento aborta a criação de uma teoria de estratégia. Na segunda parte são discutidos os elementos constituintes da Teoria da Estratégia da Firma e em seguida são abordados tais elementos sob a ótica dos principais teóricos. Na terceira parte é apresentado o agente da estratégia – o empreendedor e discutido o seu papel na criação e captura de valor. Na última parte tópicos especiais são discutidos, tendo em vista novas abordagens tais como a contribuição da sociologia econômica para a estratégia. Por fim, na última aula tem-se o fechamento do programa com a discussão dos elementos apreendidos no curso. O programa se baseia em autores de várias vertentes teóricas, no qual destacamos a contribuição de Nicolai Foss. O programa e a bibliografia estão detalhados adiante.

Avaliation methods:

Notas:

Bibliografia:
CONTEÚDO E BIBLIOGRAFIA:

PARTE I – A TEORIA ECONÔMICA E A TEORIA DA ESTRATÉGIA

Aula 1: Fundamentos

Objetivo: Apresentação do Curso. Discutir os fundamentos da teoria econômica: Organização Industrial, Custos de Transação e Visão Baseada em Recursos
Literatura Básica:

Besanko, D. Dranove; M. Shanley; S. Schaefer. A Economia da Estratégia. 5ª edição. Bookman, Porto Alegre, 2012.

Farina, e. M. M. Q.; Azevedo, p. S.; Saes, M. S. M. Competitividade: Mercado, Estado e Organizações. São Paulo: Editora Singular, 1997. (PARTE I)

Mahoney, Joseph T. Economic Foundations of Strategy. Thousand Oaks, CA: Sage Publications, 2005.

Serra, T. R; Ferreira, M. P.; Almeida, M. I.R; Vanz, S. “Pesquisa em administração estratégica nos primeiros anos do milênio: Um estudo bibliométrico no Strategic Management Journal entre 2001 e 2007”. Trabalho não publicado, 2012. (obtenção de certificado pós-doutorado, ADM- FEA-USP).

Aula 2: O que é estratégia?

Objetivo: Apresentação do Curso. Discutir os fundamentos da teoria econômica tradicional, a origem da noção de estratégia e seus conceitos.
Literatura Básica:
Henderson, Bruce. The origin of strategy. Havard Business Review. November-December, 1989.
Porter, Michael E. What is strategy? Havard Business Review. November- December, 1986.
Williamson, Oliver E. (1991), Strategizing, economizing, and economic organization. Strategic Management Journal, 12: 75–94.

Aula 3: Pressupostos comportamentais

Objetivo: Discutir se há estratégia quando o conhecimento é pleno (Teoria Econômica Tradicional). Texto empírico: a estrutura é determinante para a Vantagem Competitiva?
Literatura Básica:
Mill. John Stuart (1836[1974]). "Da definição de economia política e do método de investigação próprio a ela". In Bentham, Stuart Mill. São Paulo: Abril Cultural, 291-315 (Col. Os Pensadores).
Simon, Herbert. A Behavioral model of rational choice. The Quarterly Journal of Economics, vo. LXIX, February, 1955.
North, Douglass. Behavioral assumptions in a theory of institutions. In Institutions, institutional change and economic performance (Douglass NORTH). Cambridge: University Press, 1990, pp. 17-27.


Aula 4: Economia dos Custos de Transação e Teoria de estratégia da Firma

Objetivo: Discutir se a crítica à Teoria Tradicional que surge com a ECT (tese do alinhamento) pode ser entendida como uma teoria da estratégia.

Literatura Básica:
Coase R. H. The Nature of the Firm, 4 Economica (n.s.) 386,1937.
Williamson, Oliver E. The Economics of Governance. The American Economic Review, Vol. 95, No. 2, Papers and Proceedings of the One Hundred Seventeenth Annual Meeting of the American Economic Association, Philadelphia, PA, January 7-9, 2005 (May, 2005).
Alchian, Armen A.; Demsetz, Harold. Production, Information Costs and Economic Organization. American Economic Information Review, 62 (5) December, 777-95. The Foundations of The New Institutional Economics. Edited by Claude Ménard. 2004.

PARTE II – ELEMENTOS DE UMA TEORIA DA ESTRATÉGIA

Aula 5: Estratégia de obtenção e criação de recursos

Objetivo: A contribuição da Resource Based View em buscar entender os determinantes da lógica interna da firma. Suas diferentes abordagens.
Literatura Básica:
Wernerfelt, Bierger A. The resource-based view of the firm. Strategic Management Journal, vol.5, 171-180 (1984). Wernerfelt, Birger A. The resource-based view of the Firm: Ten Years After. Strategic Management Journal, Vol. 16, No. 3. (Mar., 1995), pp. 171-174.
Peteraf Margaret A. The Cornerstones of Competitive Advantage: A Resource-Based View. Strategic Management Journal, Vol. 14, No. 3. pp. 179-191, Mar., 1993.
Penrose, Edith. A teoria do Crescimento da Firma. Editora Unicamp. 2002. cap. 2

Aula 6: Estratégia de obtenção e criação de recursos

Objetivo: visões de criação de recursos

Literatura Básica:
Barney, Jay B. Firm resources and sustained competitive advantage. Journal of Management, vol. 17, n.99-120, 1991.
Teece, David J; Pisano Gary; Shuen Amy. Dynamic Capabilities And Strategic Management. Strategic Management Journal (1986-1998); Aug 1997; 18, 7; ABI/INFORM Global. pg. 509.
Foss, J. Nicolai; Stieglitz. Modern Resource-Based Theory (ies). SMG. WP 7/2010.

Aula 7: Estratégia de obtenção / criação de conhecimento

Objetivo: Discutir a transferência de conhecimento como determinante da organização (interna) da firma.

Literatura Básica:
Hayek, Fredrich A. The Use of Knowledge in Society. The American Economic Review, Vol. 35, No. 4. (Sep., 1945), pp. 519-530.
Marleba, Franco; Orsenigo, Luigi. Knowledge, Innovative Activities and Industrial Evolution. Industrial and Corporate Change, vol.9 no. 2, 2000.
Foss, N. J. Mahoney, J. T. Exploring Knowledge Governance. SMG WP 4/2010.

Aula 8: Elementos da estratégia: KBV e ECT

Objetivo: Quais os elementos que uma teoria de estratégia precisa conter? Discutir a tese de N. Foss que defende que uma teoria da estratégia deve conter os elementos que respondam: i. Quais os motivos da existência da firma?; ii. O que determina as fronteiras da firma?; iii. Quais os determinantes da organização interna?; 4. O que determina as vantagens competitivas?.

Literatura Básica:
Aula teórica
Foss, Nicolai. Strategy, economic organization, and the knowledge economy: the coordination of firms and resources. Oxford University Press, 2005 (cap 2, 3 e 4).
(Material no Xerox)

Aula 9: Teoria da Estratégia e Formas Plurais

Objetivo: Teoria das Organizações e formas plurais. Motivação e crítica à Teoria dos custos de transação.

Literatura Básica:
Menard, C. Plural Forms of Organization: Where Do We Stand. Working Paper, 2012.
Parmigiani, Anne. Why do firms both make and buy? An Investigation of concurrent sourcing. Strategic Management Journal. 28: 285–311, 2007.
Mols, Niels Peter. Economic explanations for concurrent sourcing Journal of Purchasing & Supply Management, 2010.

Aula 10: Apresentação dos Projetos

Objetivo: Discutir os projetos dos artigos dos alunos.

Aula 11: Barganha, controle e monitoramento

Objetivo: Discutir os principais avanços teóricos e as propostas de integrações das diferentes corrente analíticas.

Literatura Básica:

Barzel, Y. Measurement Cost and The Organization of Markets. Journal of Law and Economics, Vol. 25, No. 1 pp. 27-48, 1982.
Kim, Jongwook; Mahoney, Joseph T. Appropriating economic rents from resources: an integrative property rights and resource-based approach Int. J. Strategic Change Management, Vol. 4, Nos. 1/2, 2007.
Coff, R. W. “When competitive advantage doesn’t lead to performance: The resource-based view and stakeholder bargaining power”. Organization Science, 10: 119-133, 1999.



PARTE III – TÓPICOS ESPECIAIS

Aula 12: Instituições e Estratégia
Objetivo: Qual a importância das Instituições na formatação das estratégias?
Literatura Básica:
Peng, Mike W.; Sun, Sunny Li; Pinkham, Brian, and Chen, Hao. The Institution-Based View as a Third Leg for a Strategy Tripod. Academy of Management Perspectives, August, 2009, p. 63-81.
Monteiro, Guilherme Fowler; Pianna, Anelise. Institutional change and capability building: some remarks on the institution-based view of strategy. Int. J. Strategic Change Management, Vol. 4, No. 1, 2012.
Monteiro, Guilherme Fowler; Zylbersztajn, Decio. A property rights approach to strategy. Strategic Organization. 10(4) 366–383.


Aula 13: Agente da estratégia

Objetivo: Abordagens modernas do empreendedor e estratégias de criação de valor.
Literatura Básica:
Foss, Kirsten, Foss, Nicolai J., Klein, Peter G. Klein, Sandra K. The Entrepreneurial Organization of Heterogeneous Capital. Copenhagen Business School; Copenhagen Business School; University of Missouri; University of Missouri. 2007.
Baumol, William J. Entrepreneurship: Productive, Unproductive, and Destructive. The Journal of Political Economy, Vol. 98, No. 5, Part 1. (Oct., 1990), pp. 893-921.
Rumelt, Richard. P. Theory, Strategy and entrepreneurship. University of California in David Teece (ed.) The Competitive Challenge: Strategies for Industrial Innovation and Renewal. Cambridge, Mass.: Ballinger, 1987, 137-158.

Aula 14: Contribuição da Sociologia Econômica
Objetivo: Qual a importância de conceitos como confiança e reputação nas relações entre os parceiros de negócios que implicam em VCS?

Literatura Básica:
Granovetter, M., (1985), “Economic Action and Social Structure: The Problem of Embeddedness,” American Journal of Sociology, 91: 481-510.

Uzzi, B. (1997), “Social Structure and Competition in Interfirm Networks: The Paradox of Embeddedness,” Administrative Science Quarterly, 42: 35-67.

Coleman, J., (1988), “Social Capital in Creation of Human Capital”, American Journal of Sociology, 95-120.

Aula 15: Fechamento do curso
Objetivo: Revisão dos principais conceitos e fechamento do curso (Para aonde caminha a teoria)

Literatura Básica:
FOSS, K; FOSS, N. J. “Resources and transaction costs: how propriety rights economics furthers the resource-based view”. Strategic Management Journal, 26: 541-553, 2005.