Mestrado - A utilização de informação de consultorias na tomada de decisões estratégicas

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
08/11/2019 - 10:00 até 13:00

 

Heloiza Izumi Hirano

Mestrado - A utilização de informação de consultorias na tomada de decisões estratégicas

Orientadora:  Profª. Drª. Bernadete de Lourdes Marinho Grandolpho

Comissão: Profs. Drs. Abraham Sin Oi Yu, Francisco Carlos Paletta e Rosária de Fátima S. Macri Russo

Local: Sala 217, FEA-5

Resumo*

No processo de tomada de decisões estratégicas em uma organização, contar com informação de qualidade é um fator importante de diferencial competitivo. Considerando as incertezas e desafios ambientais e institucionais da atualidade, grandes e médias empresas encontram nas consultorias uma fonte de informação útil e com um nível de confiabilidade e credibilidade, relacionado ao consultor, expert em determinados setores ou temas de mercado. Nesse contexto, o objetivo deste estudo é entender de que maneira a informação de mercado, proveniente de consultorias, apoia e interfere na tomada de decisões estratégicas. Conceitualmente, o estudo é baseado em duas áreas de pesquisa, ambas multidisciplinares e com elementos em comum, com as quais também vem a colaborar: na área que versa sobre a tomada de decisões estratégicas, destaca-se o processamento da informação nesse processo; na área de estudos da informação de mercado, aprofunda-se a análise sobre a informação advinda de consultorias, sendo sua especialização relacionada ao conceito de expertise do consultor, individualmente. Nessa visão consolidada, o fator comportamental, relacionado à influência de características individuais no processo da tomada de decisão, sendo simultaneamente alteradas pelo mesmo processo, se destaca. Este estudo segue uma abordagem descritiva, na medida em que observa o comportamento de valorização e uso da informação para tomada de decisões estratégicas, ainda que considere, ao abordar o processo da tomada de decisão, as diversas fases existentes, em sua concepção estruturada, originada na abordagem normativa da área, equilibrada pelos elementos cognitivos ancorados na ideia de racionalidade limitada do indivíduo. Com relação à expertise que caracteriza o consultor, origem da informação analisada, refere-se ao alto nível de proficiência em um tema específico, advindo de qualificações acadêmicas e da experiência (Chi, 2006). Metodologicamente, é feita a opção por combinar, de forma complementar e subsequente, a pesquisa quantitativa, na forma de uma survey  abrangendo 80 profissionais que atuam diretamente com informação de mercado, em grandes e médias empresas, e a pesquisa qualitativa, concretizada por 12 entrevistas semiestruturadas, junto a dois perfis distintos: 7 tomadores de decisão em grandes e médias empresas, e 5 consultores, experts em seus temas de atuação, que atuam em consultorias de mercado atendendo a grandes e médias empresas. Os principais resultados indicam que a informação adquirida de consultorias é utilizada de forma mais consistente ao incorporar-se ao conhecimento organizacional da empresa contratante, por meio do relacionamento entre o consultor e a equipe envolvida em cada projeto, sendo que o papel do tomador de decisão é significativo para o processo. Observa-se que a transição de aspectos individuais do expert e do tomador de decisão, para aspectos grupais e organizacionais da utilidade da informação e de sua incorporação à empresa, simultaneamente alterando os sujeitos envolvidos, tanto consultores e equipes das empresas contratantes, a partir do conhecimento adquirido, é um fenômeno complexo que poderia, inclusive, motivar estudos futuros.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos