Mestrado Profissional em Empreendedorismo - Educação de alta qualidade para segmentos populacionais de baixa renda: proposta de um modelo autossustentável e escalável

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
11/10/2019 - 10:00 até 13:00

 

Marcos Roberto Moran Silveira

Mestrado Profissional em Empreendedorismo - Educação de alta qualidade para segmentos populacionais de baixa renda: proposta de um modelo autossustentável e escalável

Orientadora: Profª. Drª. Rosa Maria Fischer

Comissão: Profs. Drs. Marcelo Caldeira Pedroso, Flávio Hourneaux Junior e Ismael Rocha Junior

Local: Sala 215,  FEA-5

Resumo*

O Colégio Mão Amiga oferece educação de qualidade a mais de 500 crianças moradoras da periferia de Itapecerica da Serra, SP. Como organização da sociedade civil, o Colégio atualmente depende em grande parte de doações para manter suas operações. Pela dificuldade de comprometimento dos doadores, a unidade correu o risco de ter sua operação encerrada por algumas vezes. Nesse sentido, este trabalho teve o objetivo de desenvolvimento de um modelo de negócios que garantisse auto sustentabilidade e escalabilidade ao colégio. Foram utilizadas duas metodologias: pesquisa-ação na etapa propositiva, seguido de estudo de casos simplificado para validação do modelo proposto. O modelo de negócios proposto e validado foi baseado em subsídio cruzado ou modelo Robin Hood, e contempla a criação de uma rede de ensino formada por uma unidade que atenda ao segmento de alta renda da população a ser criada e acrescida ao Colégio Mão Amiga. O modelo é amparado na legislação brasileira atual, em que através da Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (CEBAS), uma rede como a proposta obtém economia de custos através de isenção fiscal. Tal economia pode ser até maior que o montante necessário para subsidiar o ensino dos alunos que não podem pagar, não onerando assim as famílias pagantes. As componentes do modelo utilizadas são 6: modelo de gestão, modelo de inovação, modelo de operações, posicionamento estratégico, relacionamento com clientes e modelo econômico. Como próximo passo, recomenda-se uma implementação efetiva do modelo e posterior reavaliação do mesmo para que se verifique se a escola se torna, de fato, autossustentável.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos