Mestrado - Desafios para o fechamento de cadeias de suprimento de produtos de baixo valor agregado: o caso das embalagens plásticas e de vidro

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
07/05/2020 - 09:00 até 12:00

 

Marília Gabriela Dos Santos

Mestrado - Desafios para o fechamento de cadeias de suprimento de produtos de baixo valor agregado: o caso das embalagens plásticas e de vidro

Orientadora: Profª. Drª. Adriana Marotti de Mello

Comissão: Profs. Drs. Flávio Hourneaux Junior, Andrea Lago da Silva e João Quariguasi Frota Neto

Resumo*

O modelo econômico linear de extração, produção, consumo e descarte trouxe, respectivamente, escassez de recursos naturais e geração excessiva de lixo. No Brasil, 32% dos resíduos sólidos urbanos são materiais recicláveis/secos (ABRELPE, 2018) e, dentre esses, 70% são embalagens (LEITE, 2018). Utilizar resíduos como insumos para a mesma cadeia é premissa de cadeias de suprimentos fechadas – CSF. Guide e Van Wassenhove (2009) definem CSF como sendo o design, controle e operação de um sistema para maximizar a criação de valor ao longo de todo o ciclo de vida de um produto, com recuperação dinâmica de valor, de diferentes tipos e volumes de retornos ao longo do tempo. A maior parte da discussão sobre CSF está focada na recuperação de valor financeiro dos produtos de alto valor agregado em final de vida, como da indústria automobilística e eletroeletrônicas. Poucas são as pesquisas focadas em produtos de baixo valor agregado, deixando dúvidas se os conceitos, expectativas e boas práticas da CSF se aplicam também ao contexto de produtos de baixo valor agregado.
O objetivo geral dessa pesquisa é se aprofundar em cadeias de suprimentos já fechadas de produtos de baixo valor agregado, para verificar quais fatores viabilizaram seu fechamento.
A metodologia adotada foi de múltiplos estudos de caso, explorando três CSF de embalagens de vidro e plástico, utilizando como marco teórico o framework de Quarigasi (2010), e dos três os processos de viabilidade de CSF de Guide e Van Wassenhove (2009).
Os resultados sugerem que CSF possuem algumas configurações diferenciadas no contexto de produtos de baixo valor agregado. Com destaque ao importante papel que legislações de gestão de residuos assumem, no caso estudado a PNRS, sendo um fator relevante0 tanto para viabildade quanto para expansão do fechamento. Foram identificados novos e relevantes atores nos processos de viabilidade das CSF, como o poder público na gestão da devolução, a comunicação integrada para se anteceder a problemas operacionais de remanufatura e o fator de sustentabilidade como fomentador do mercado de produtos remanufaturados.

*Resumo fornecido pelo autor

 

Departamento:

Voltar para a página de eventos