Doutorado - Uma proposição de estrutura quantitativa integrada para mensuração da sustentabilidade em sistemas produtivos localizados em indicações geográficas

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
24/06/2020 - 14:00 até 17:00

 

Paulo Yun Cha

Doutorado - Uma proposição de estrutura quantitativa integrada para mensuração da sustentabilidade em sistemas produtivos localizados em indicações geográficas

Orientadora: Profª. Drª. Adriana Marotti de Mello

Comissão:  Profs. Drs. Cássia Maria Lie Ugaya, Daielly Melina Nassif Mantovani Ribeiro e Biagio Fernando Giannetti

Link youtube: https://youtu.be/tOpqw0idDYk

Resumo*

A pesquisa presente propõe um método de avaliação quantitativo de sustentabilidade capaz de lidar com diversas dimensões simultâneas em sistemas produtivos localizados em indicações geográficas(IG). Enquanto que estudos passados contabilizam aspectos sociais ou ambientais, deixando de lado dimensão econômica, o presente trabalho consideram eficiência produtiva e lucratividade, consideração elementar para desenvolvimento regional. Trabalhos anteriores aṕresentavam dificuldade em transformar as avaliações em informações acionários nos contextos micro e macro produtivos , e em desvencilhar as dificuldades em disseminar os achados foram da comunidade científica.
Para contribuir na resolução destes problemas, quatro artigos foram escritos com o objetivo de trazer diferentes pontos de vista para a disciplina. O primeiro estudo categorizou o emergy como uma sólida estrutura conceitual para avaliação da sustentabilidade e, por sua robustez técnica, foram desenvolvidos diversos estudos para determinar a sustentabilidade em várias indústrias. Alguns estudiosos, no entanto, apontam dificuldade em disseminar os achados além da comunidade científica e converter essas análises em informações acionáveis do ponto de vista micro e macro para produtores e tomadores de decisão. A principal descoberta do segundo estudo foi que a adoção de tecnologia é um importante fator determinante para elevar a competitividade dos produtores de IG. Os produtores mais bem classificados entre o conjunto estudado foram o produtor mais e menos tecnificado respectivamente, onde o segundo produtor é altamente alavancado em ativos intangíveis, tais como a atribuição de suas raízes no produto, tradição e contribuição perante a sociedade. Estes aspectos se materializam em maior receita por quilo. No entanto, ao retirar variáveis sociais do modelo de avaliação, esse produtor ocupa a posição mais baixa, considerando apenas a eficiência econômica e ambiental e não levando em consideração variáveis sociais como tradição e idade do proprietário, cruciais para o desenvolvimento sustentável de Gi a longo prazo. O terceiro estudo mostrou que o processo de agrupamento indicou uma alta homogeneidade das fazendas dentro dos três grupos formados. A investigação do terceiro estudo mostrou uma macro perspectiva de avaliação da sustentabilidade por meio do processo de agrupamento das unidades de produção. Diferentes tipos de fazendas em cada cluster formado podem ser beneficiados por estratégias adequadas de desenvolvimento e avaliação. Por fim, o quarto estudo, através da otimização de algoritmos genéticos multiobjetivos, expõe um alto potencial de melhoria viável para as unidades produtivas. Em geral, a produção média de descarga ambiental é mantida abaixo da média da região. A redução da assimetria de informação através da comunicação de canais digitais, incremento da eficiência da produção e agregação de valor pela disposição do serviço são as estratégias gerais que surgiram no modelo de algoritmo genético. Por fim, o estudo contribui para o nosso entendimento da avaliação de sustentabilidade nas IGs, fornecendo uma estrutura quantitativa robusta para avaliação, classificação, demos~comunicação dos resultados muito no exterior para o espaço da academia, levando a uma comunicação fácil para os administradores alcançarem uma melhor taxa de sustentabilidade, ao alterar os impactos alavancas como tecnificação, manutenção de proporções de clusters ou seguir estratégias competitivas para cada fazenda

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos