Doutorado - Processo colaborativo de Open Innovation na relação Universidade-Indústria e a performance de inovação

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
09/06/2020 - 09:00 até 12:00

 

SANDRA SARACENI

Doutorado - Processo colaborativo de Open Innovation na relação Universidade-Indústria e a performance de inovação

Orientador: Prof. Dr. José Afonso Mazzon

Comissão:  Profs. Drs. Deonir de Toni, Leonardo Augusto de Vasconcelos Gomes e Antônio Roberto Ramos Nogueira

Link  youtube:  https://youtu.be/JlLx3c3LwmY

Resumo*

Este estudo explora se o conhecimento que flui através das fronteiras organizacionais durante as práticas de Open Innovation, no processo colaborativo Universidade-Indústria, pode afetar positivamente o Desempenho da Inovação, o Desempenho Organizacional e a Inovação Organizacional na análise entre empresas/indústrias no Brasil.
Para este estudo realizou-se uma pesquisa empírica do tipo survey. A pesquisa foi realizada com funcionários de todos os setores da indústria listadas entre as 783 maiores empresas do Brasil. Usando a modelagem de equações estruturais (SEM), um modelo proposto foi testado e validado com base na análise estatística dos dados coletados de 504 funcionários dos departamentos de inovação.
As principais contribuições teóricas e de impacto do estudo para a sociedade são: a) entender como as empresas no Brasil estão organizadas para absorver e transferir o conhecimento gerado por meio de projetos colaborativos entre universidades e empresas; b) gerar subsídios para políticas públicas e privadas no uso eficiente da colaboração entre Universidade e Indústria, a partir da identificação nas atividades de inovação da indústria de transformação no Brasil.
A contribuição teórica desta pesquisa é a criação de um arcabouço teórico integrativo de teorias e processos de inovação colaborativa, operacionalizado por meio da modelagem de equações estruturais para análise de dados de doze construtos (Transferência de Conhecimento; Motivação Intrínseca; Conhecimento Adquirido; Cultura Inovadora; Capacidade Absortiva; Aprendizado Organizacional; Liderança Transformacional; Gestão do Conhecimento; Inovação Organizacional; Performance Organizacional; Performance de Inovação, Performance de Concorrentes), baseado em relacionamentos de dependência, derivados da teoria de Open Innovation, com o objetivo de que empresas e universidades no Brasil melhorem seu processo colaborativo. A contribuição gerencial desta pesquisa é que essa estrutura possa fornecer ferramentas úteis para aprofundar o entendimento das Transferências de Conhecimento no processo colaborativo entre universidade e empresa, para que órgãos públicos possam criar políticas públicas no Brasil e que resultem em uma relação mais próxima entre eles.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos