Doutorado - Inovação social em grandes empresas: o processo de incorporação da temática à estratégica de negócio

Tipo de evento: 
Defesa
Data e hora: 
18/07/2019 - 09:30 até 12:30

 

Talita Rosolen

Doutorado - Inovação social em grandes empresas: o processo de incorporação da temática à estratégica de negócio

Orientadora: Profª. Drª. Graziella Maria Comini

Comissão:  Profs. Drs. Rosa Maria Fischer, Edson Sadao Iizuka e Edgard Elie Roger Barki

Local: Sala 217, FEA-5

Resumo*

A expansão das indústrias e a evolução tecnológica trouxeram avanços expressivos para a economia e a qualidade de vida das pessoas nas últimas décadas. Contudo, contribuíram para o agravamento de muitos problemas sociais e ambientais. A partir da discussão sobre o papel e potencial de grandes empresas em contribuir com novas soluções que impactam positivamente a sociedade, este estudo propõe o seguinte objetivo geral: analisar se e como as grandes empresas incorporam inovação social aos seus negócios. A fim de se compreender um fenômeno social complexo, este estudo caracteriza-se como qualitativo, exploratório e descritivo. A pesquisa de campo foi desenhada em duas etapas de modo a explorar diferentes perspectivas sobre o contexto e as práticas de inovação social em grandes empresas. A primeira etapa consistiu em entrevistas com cinco especialistas do campo. Já a segunda etapa foi composta por entrevistas em 16 grandes empresas com 22 profissionais que atuam nas áreas de sustentabilidade, responsabilidade social corporativa, inovação e de suas fundações e institutos. Adicionalmente, foram coletados e analisados documentos que pudessem corroborar as falas dos entrevistados, evidenciar o posicionamento público das empresas e demonstrar a relevância desses casos ao estudo. A amplitude dos dados apurados permitiu obter um retrato geral do campo de estudo e mapear múltiplas iniciativas desenvolvidas na prática empresarial, ao mesmo tempo em que se baseou na perspectiva dos atores envolvidos. A análise evidenciou que as empresas percebem ser parte de um ecossistema de inovação social mais amplo e buscam compreender qual o seu papel dentro dele, bem como possíveis oportunidades de atuação. Todavia, muitas ainda estão em um estágio de aprendizado sobre o conceito e como inseri-lo em suas práticas de negócio. Foram verificados diversos tipos de iniciativas desenvolvidas interna e externamente, desde projetos de desenvolvimento territorial, ações de mitigação de impactos negativos, aprimoramento da cadeia de valor, até ações mais estratégicas, como o lançamento de novos produtos que atendam a uma necessidade social ou ambiental. A partir destas, foi possível perceber cinco diferentes níveis de incorporação da inovação social ao core business, desde iniciativas mais periféricas, em que a empresa investe principalmente recursos financeiros, até iniciativas intrinsecamente vinculadas às suas atividades essenciais, utilizando a inteligência empresarial para o desenvolvimento de novas soluções a problemas da sociedade. Foram levantados diversos fatores críticos que facilitam ou dificultam a inovação social, destacando-se a importância do engajamento da alta liderança e de compromissos e estrutura de sustentabilidade bem estabelecidos nos casos em que se verificou maior grau de incorporação à estratégia de negócio. Espera-se que este estudo proporcione subsídios para reflexões mais profundas acerca do papel e potencial das empresas, não somente em relação à mitigação de externalidades negativas de seus negócios, mas também como propulsoras de impactos positivos adicionais para a sociedade como um todo.

*Resumo fornecido pelo autor

Departamento:

Voltar para a página de eventos